Além das palestras: convide o especialista a colaborar

Alguns motivos para, ao invés de transmitir conhecimentos unidirecionais, por meio de palestras ou apresentações, apostar no diálogo entre especialistas e interessados:

  1. Falar para pessoas reais, não imaginadas: Colocar toda a bagagem do especialista a serviço dos reais interesses, aflições e necessidades de esclarecimento do grupo, de forma direta, precisa e oportuna.
  2. Evitar falar difícil ou raso demais: Sanar lacunas de conhecimento prévio (que podem ser conceituais ou de linguagem) ou, no extremo oposto, evitar o desperdício do tempo coletivo com explicações que não acrescentam e desmobilizam a atenção.
  3. Focar no que importa: Em uma conversa é muito mais fácil compreender o que mais interessa ao interlocutor, perceber os pontos de equívoco nos raciocínios e chegar aos resultados almejados.
  4. Ampliar o aprendizado para todos: Interagir coletivamente amplia a abrangência da visão trazida pelo especialista, seja na dimensão cognitiva (perguntas ensinam!), seja em outras dimensões (descoberta de impactos, alertas, cuidados, emoções, etc)
  5. O processo de compreensão conjunta é motivador em si: colaborar construindo conhecimento estimula e gera engajamento.
  6. É possível colocar dezenas e até centenas de pessoas para conversarem juntas de forma produtiva: conhecemos metodologias e processos que permitem o diálogo em larga escala de forma eficiente.

About CoCriar

Leave a Reply